Compre ou alugue pelo nosso WhatsApp:
TODOS
PARA ALUGAR
PARA COMPRAR

Um dos equipamentos essenciais para ambientes confiados é o tripé, que garante o resgate e o acesso mais facilitado em ambientes cuja a permanência física seja mais dificultosa. É usado em conjunto com outros equipamentos de segurança, cujo objetivo principal é fornecer segurança ao colaborador, a fim de evitar riscos e acidentes. Essa utilização é recomendada pela NBR 14787 que traz diretrizes sobre as características do espaço confinado e os equipamentos recomendáveis para utilização nesse ambiente específico.

Tripé para Trabalho e Resgate

Na R3EPI o cliente que privilegia nossa empresa com sua presença e atenção, encontra os...

SKU: R3013280

A consultar

Tripé Espaço Confinado

Pesquisando por Tripes para uso em resgate? A R3 EPI possui as melhores soluções e dispo...

SKU: R3012947

A consultar

Monotripé

Monotripé, confeccionado em duralumínio e pintura Epóxi, hastes reguláveis e sapatas a...

SKU: R3013054

A consultar

Monopé

Monopé, padrão para trabalhos em espaços confinados. Confeccionado em aço carbono com...

SKU: R3013051

A consultar

Guincho Resgatador em Corda

Guincho Resgatador em Corda, acoplável a linha de tripés e Monopés, o guincho resgatado...

SKU: R3013279

A consultar

Guincho de Resgate em Cabo Aço

Guincho de Resgate em Cabo Aco, acoplável a linha de tripés e monopés R3EPI, o guincho...

SKU: R3013028

A consultar

Guincho para Tripé

Guincho para Tripé, para trabalhos em espaços confinados para a movimentação de cargas...

SKU: R3013056

A consultar

Trava Quedas Resgatador

Trava quedas Resgatador, Equipamento de segurança para trabalhos em espaços confinados c...

SKU: R3013057

A consultar

Trava Quedas para Espaço Confinado

Trava Quedas para Espaço Confinado Especialmente indicado para trabalho em espaço confin...

SKU: R3012012

A consultar

1 2

O tripé deve ser usado acompanhado de outros equipamentos de segurança, como botas e cintos de segurança, dutos de ventilação e outros elementos específicos dos ambientes confinados. Assim, o conjunto desses equipamentos protege de possíveis acidentes e ausência de segurança do usuário.

Os ambientes confinados, em razão da sua natureza arriscada para permanência da pessoa física, requerem a utilização indispensável de equipamentos de segurança, fabricados com materiais de altíssima segurança, de acordo as normas de agências regulamentadoras do Brasil, que certificam a qualidade e segurança do equipamento.

ESTRUTURA FÍSICA DO TRIPÉ

Esse equipamento tem estrutura para se adaptar de forma aberta ou compactada com pontos reguláveis. Assim, facilita o seu transporte para qualquer lugar que se deseje. No entanto, antes da utilização é necessário observar suas estabilidade e fixação às superfícies.

O tripé possui três bases que servem para segurar e equilibrar o peso do usuário a um ponto alto centralizado no topo do equipamento. Essa parte também é criada para que segue uma corda que irá descer, ascender e ancorar o colaborador no espaço confinado de maneia segura e estável.

O tripé deve ser utilizado acompanhado de cinturão de segurança, luvas, sapatos adequados, assento ideal, corda específica para suportar o peso, luvas e sapatos que protejam o colaborar de acordo as necessidades do ambiente.

O material para a sua criação é bastante resistente, a fim de garantir a resistência para peso e equilíbrio para funcionários de diversos portes.

FUNCIONAMENTO DO TRIPÉ

Após se equipar com todos os equipamentos e acessórios de segurança por parte do usuário, o tripé será transportado ao espaço confinado de forma compactada e, ao chegar ao local, poderá ser aberto e estruturadas suas bases no chão.

A utilização do tripé, não é recomenda ser feita isoladamente. É necessário que haja uma equipe de auxílio, principalmente porque o espaço confinado geralmente é de difícil acesso. Nesse caso, o colaborador precisará de ajuda externa, através da utilização de cordas para descer e subir no espaço confinado.

Recomenda-se também, que antes da descida do colaborador, seja analisado a estrutura do solo que será o suporte do tripé, para chegar sua estabilidade, profundidade, dentre outros fatores que podem fazer com que o usuário possa perder o equilíbrio realizando sua atividade.

RECOMENDAÇÕES PARA O USO DO TRIPÉ

Antes mesmo de se adquirir o produto, recomenda-se que se faça uma pesquisa prévia, a fim de analisar o ambiente que será utilizado o equipamento e verificar se o espaço requer equipamentos adicionais e que tipo de tripé será mais adequado para utilização no espaço.

Essa avaliação deve ser feita de forma periódica, considerando que muitos espaços podem mudar a sua estrutura em razão do clima, requerendo, por sua vez, a utilização de equipamentos mais específico, de acordo com a necessidade do ambiente.

No momento da utilização, recomenda-se antes de tudo, verificar e regular os pontos das pernas do tripé, a fim de conferir sua estabilidade e fixação, prevenindo uma queda, que pode vir a causar um acidente e comprometer a integridade física do colaborador.

A NBR14787 determina pelo menos a existência de duas pessoas durante a utilização desse equipamento e trabalho em espaços confinados, exatamente porque uma pessoa sozinha, não terá condições de realizar alguns procedimentos de descida ou subida por conta própria.

De todo modo, é necessário tambémmanter materiais de pronto socorro e atendimento nas proximidades, em caso de acidentes e a necessidade de um cuidado imediato do funcionário.

Além disso, os colaboradores precisam estar treinados para desenvolver suas atividades e habituados a utilizar todos os equipamentos de segurança, de maneira indispensável. E por fim, atentos aos métodos de rápido resgate, em caso de necessidade.

DICAS PARA ADQUIRIR O EQUIPAMENTO

É importante sempre que for buscar fornecimento deste tipo de equipamento, verificar se ele se encontra de acordo as normas gerais de segurança, tais como, as normas disponibilizadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e também do INMETRO. Essas organizações são importantes, porque trazem diretrizes específicas a serem obedecidas pelos fornecedores desses produtos. Caso essas recomendações não sejam seguidas, elas não possuem permissão de distribuição no território brasileiro.

Além disso, recomenda-se também, que seja observado a experiência do fabricante e fornecedor desse tipo de equipamento. Exatamente porque com a experiência, essas instituições podem oferecer o melhor equipamento, de acordo com as necessidades específicas do comprador.

Importante também, que essas instituições ofereçam suporte, assistência e orientação aos seus usuários.

Open chat