O que é um Bloco de Polia?

O bloco de polia é um conjunto de equipamentos projetados para ajudar na realização de tarefas em ambientes confinados. Esses ambientes são locais que apresentam dificuldade ou impossibilidade de permanência prolongada devido a condições como baixa concentração de oxigênio ou presença de substâncias químicas no ar que podem ser prejudiciais à saúde do trabalhador.

O bloco de polia é uma ferramenta essencial para permitir o deslocamento vertical de cargas ou pessoas com segurança e conforto durante a execução de atividades em espaços confinados. No entanto, é importante lembrar que o uso inadequado do bloco de polia pode aumentar os riscos de acidentes em decorrência da altura e das condições do ambiente confinado.

Para garantir a segurança do trabalhador, é fundamental que a utilização do bloco de polia seja realizada com muita cautela e seguindo todas as normas de segurança. Além disso, é imprescindível que o equipamento seja inspecionado regularmente por um profissional qualificado para garantir que esteja em perfeitas condições de uso.

Portanto, o bloco de polia é uma ferramenta indispensável para a realização de atividades em espaços confinados. No entanto, seu uso deve ser sempre realizado com cautela e seguindo todas as normas de segurança, para garantir a saúde e a segurança do trabalhador.

FUNCIONALIDADES DO BLOCO DE POLIA

Ao realizar uma análise prévia da atividade a ser desenvolvida, é possível escolher o equipamento mais adequado para aproveitar ao máximo as habilidades dos colaboradores, garantindo segurança e conforto. Entre os equipamentos disponíveis, o bloco de polia se destaca como uma ferramenta simples, mas com grande impacto em trabalhos complexos, especialmente em espaços confinados.

O bloco de polia permite o deslocamento vertical de pessoas ou objetos com muito mais facilidade, reduzindo significativamente o esforço necessário para levantá-los ou empurrá-los. Esse equipamento é essencial para trabalhos que envolvem sistemas de subida e descida em atividades verticais com até 10 metros de altura, como resgates, içamento de cargas e trabalhos em espaços confinados.

Embora seja mais comumente utilizado na construção civil e em espaços industriais, o bloco de polia também pode ser útil em situações excepcionais, como no caso de resgates. Existem dois tipos de polias no mercado de equipamentos de segurança: a polia móvel e a polia fixa. Para espaços confinados, é recomendado o uso de polia móvel, que é capaz de reduzir pela metade o peso do objeto ou da pessoa em deslocamento vertical.

Já a polia fixa não altera o peso do objeto, sendo mais adequada para casos em que é necessário posicionar o objeto em um local específico. No caso das polias móveis, cada aumento no sistema de deslocamento resulta em uma redução pela metade do peso durante o deslocamento vertical.

Ao utilizar o bloco de polia corretamente, os usuários podem evitar problemas de saúde, como problemas na coluna, lombar ou músculos, considerando que o peso é reduzido de forma significativa. Esse equipamento é de grande importância em diversos setores empresariais em que o esforço físico é necessário para a realização de atividades.

EQUIPAMENTOS ACESSÓRIOS DA SUA COMPOSIÇÃO

A composição do bloco de polia é formada por um conjunto de equipamentos acessórios que são indispensáveis para garantir seu desempenho. Entre os equipamentos, estão o freio, polias duplas, 50 metros de corda e mosquetões. Esses acessórios são fundamentais tanto para o deslocamento de cargas quanto para o deslocamento vertical de pessoas, mas sua utilização deve ser cuidadosa, pois envolve riscos de acidentes em alturas consideráveis.

Os equipamentos acessórios são desenvolvidos para garantir a segurança do deslocamento vertical e, por isso, são fabricados com materiais resistentes que suportam altas cargas em situações de movimentação em posições verticais muito altas.

Para garantir a segurança dos usuários, é fundamental seguir as recomendações de uso prescritas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). É importante verificar se os equipamentos adquiridos possuem certificado de aprovação do INMETRO, que é o órgão responsável por confirmar a segurança e pleno funcionamento do equipamento. Além disso, é necessário observar as condições físicas e reações à altura e ao espaço confinado dos usuários que irão operar o equipamento antes de sua utilização. Seguir essas recomendações é fundamental para garantir a integridade física dos usuários e evitar acidentes durante o uso desses equipamentos.

bloco-de-polia-3

RECOMENDAÇÕES DE USO

Para garantir a segurança do deslocamento vertical, é fundamental que sejam observadas as condições do local e quais elementos serão integrados ao deslocamento. É preciso realizar uma análise antecipada para garantir que o espaço seja compatível com os equipamentos e que tudo esteja em ordem antes do início do trabalho.

Deve-se ressaltar que é obrigatório que os equipamentos utilizados no deslocamento de cargas sejam diferentes dos equipamentos utilizados no deslocamento de pessoas. A não observância dessa norma pode resultar em penalizações administrativas e judiciais para o responsável pela utilização dos equipamentos.

Além disso, é necessário que todos os usuários envolvidos estejam conscientes da importância de realizar todas as atividades de maneira segura e equipada, utilizando obrigatoriamente todos os equipamentos de segurança necessários. Dessa forma, é possível garantir que todos os envolvidos estejam seguros durante o deslocamento vertical e evitar possíveis acidentes.

Fale agora com um de nossos colaboradores!

Visite também outras de nossas categorias de Equipamentos de proteção e encontre aquele que se encaixe perfeitamente em sua campanha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carrinho0
Seu carrinho está vazio =(
Continuar adicionando para orçamento
0