Compre ou alugue pelo nosso WhatsApp:
TODOS
PARA ALUGAR
PARA COMPRAR

Cordas

A R3 epi comercializa Cordas para o segmento de EPI em diversos modelos, para serem utilizadas nos trabalhos em altura fornecendo máxima segurança para sua equipe.
Confira abaixo os modelos e tamanhos de Cordas disponibilizados pela R3 epi e solicite seu orçamento online:

Cabo de Aço 1/4

Cabo de Aço 1/4 Confeccionado em aço, constituídos por dois ou mais fios de aço enrola...

SKU: R3013005

A consultar

Cordas de Polipropileno Epi

Cordas de Polipropileno Epi corda semi-estática trançada com alma torcida e capa em poli...

SKU: R3012079

A consultar

Cordas de Poliamida 16mm

Cordas de Poliamida 16mm Corda trançada com alma torcida e capa em poliamida, confecciona...

SKU: R3012077

A consultar

Cordas Poliamida 12mm

Cordas Poliamida 12mm Corda trançada com alma torcida e capa em poliamida, ideal para pr...

SKU: R3011933

A consultar

Proteção para Cordas de Segurança

Proteção para Cordas de Segurança confeccionado em couro hidro-fugado, protege a corda...

SKU: R3011955

A consultar

Corda Para Rapel

Corda Para Rapel Corda de segurança desenvolvida para trabalho em altura, resgate, espa...

SKU: R3011954

A consultar

Corda De Segurança

Corda De Segurança desenvolvida para uso específico em cadeiras suspensas e cabo-guia de...

SKU: R301156

A consultar

Cordas de Rapel e Segurança

Cordas de Rapel e Segurança Corda de segurança 11mm cor Laranja, desenvolvida para traba...

SKU: R3011957

A consultar

Corda Poliamida

Corda Poliamida corda especial de 12 mm, indicada para uso com trava quedas.

SKU: R3011883

A consultar

APRENDA A ESCOLHER O MODELO DE CORDA IDEAL PARA O TRABALHO EM ALTURA

 

Não há dúvidas de que trabalhar em altura é uma tarefa difícil, que pode se tornar ainda mais complicada se o trabalhador não estiver protegido pelos equipamentos de proteção individuais adequados para a função exercida.

Nesses casos, escolher EPIs de qualidade pode ser a peça fundamental para impedir que alguma fatalidade ocorra e garantir que o trabalho seja executado de forma rápida de eficiente.

 

cordas

 

Por esse motivo, nem mesmo o mais básico dos equipamentos deve ser subestimado. Para que tudo saia como planejado, é necessário escolher cordas de qualidade, que atendam às especificidades do trabalho em altura que se deseja realizar. 

Você sabe escolher o tipo de corda ideal para o seu trabalho? Continue lendo!

 

TODOS OS TIPOS DE CORDA SÃO IGUAIS?

Mesmo que todas as cordas pareçam iguais, no momento da compra, o cliente deve se atentar para, entre outras coisas, o tipo de material que compõe o equipamento. Isto porque, ele deve ser resistente e especificamente desenvolvido para o tipo de atividade que se deseja realizar.

Até mesmo o nome do equipamento pode mudar de um trabalho para outro. Na indústria, o EPI é chamado de corda, porém bombeiros e marinheiros costumam chamar de cabo.

Quando falamos de trabalho em altura, a terminologia ideal é corda e ela pode ser estática ou elástica:

  • Cordas elásticas:

Normalmente utilizada por praticantes de escalada, já que aguentam o aumento de peso que naturalmente ocorre no caso de uma queda, esse tipo de corda possui elasticidade de até 10% em condições normais e, em caso de choque, se alongam por mais 60% do seu tamanho normal.

Possui alta flexibilidade e, por conta da elasticidade, alta resistência e deve ser escolhida quando o ponto de ancoragem estiver abaixo do local onde o indivíduo estiver executando o trabalho em altura.

Como reconhecê-las? Normalmente esse tipo de corda tem mais de uma cor.

  • Cordas estáticas:

Apesar do nome, essa espécie de corda possui uma elasticidade considerável, alongando-se em 2% num ritmo de trabalho normal e chegando a se estender em até 20% quando submetida a choques. 

São muito utilizadas no transporte de objetos em grandes alturas, já que tem muita resistência e baixo índice de rompimento e devem ser utilizadas quando o ponto de ancoragem estiver acima do trabalhador.

Como reconhecê-las? Ao contrário das cordas elásticas, que tem várias cores, a corda estática possui apenas uma cor!

  • Corda de Kermantle:

Revestida por fibras nylon e constituída de uma capa com fios de poliéster, esse tipo de corda possui baixo índice de elasticidade, já que a combinação do nylon com poliéster não é tão maleável.

Entretanto, o que essa espécie de corda perde em elasticidade, ganha em resistência, pois aguenta altas cargas e temperaturas elevadas. Esse motivo, faz com que a corda de Kermantle seja muito utilizada em resgates, incêndios e no trabalho em altura.

 

cordas-2

 

Agora que você já sabe tudo sobre os tipos de corda existentes no mercado, vamos aprender um pouco sobre a composição delas?

 

ENTENDA MAIS SOBRE OS MATERIAIS UTILIZADOS NA COMPOSIÇÃO DAS CORDAS

 

Atualmente, estão disponíveis no mercado cordas fabricadas com fibras sintéticas, constituídas basicamente por polímeros. Algumas delas são o nylon, o poliéster e o polipropileno:

  • Nylon:

Por viabilizar a fabricação de fibras largas e ininterruptas, as cordas formadas de nylon costumam ser mais fortes e flexíveis, permitindo a criação de um equipamento bastante elástico. Porém, fique atento: cordas com esse material na composição costumam perder capacidade de carga quando molhadas!

Além disso, essas cordas não se deterioram quando expostas a mofo e fungos no geral, mas podem se desgastar ao entrar em contato com certos produtos e aguentam temperaturas limitadas a 250º C.

  • Poliéster:

Cordas de poliéster possuem fibras mais densas e pesadas e, em consequência disso, menos resistentes (cerca de 15% menos resistente do que as cordas de nylon). Apesar disso, possuem alta resistência a raios ultravioletas e aguentam temperaturas de até 260º C.

É comum encontrar no mercado cordas com capa de poliéster e núcleo de nylon. O melhor dos dois mundos!

  • Polipropileno (ou polietileno):

Tratam-se de cordas com alta resistência a produtos químicos, como ácidos, por exemplo, sendo capazes também de flutuar na água. Suas fibras, porém, não possuem grande resistência a impactos e, por isso, não costumam ser utilizadas no trabalho em altura.

INVISTA EM CORDAS DE QUALIDADE, APROPRIADAS PARA O TRABALHO QUE DESEJA DESENVOLVER

Agora que você já sabe tudo sobre os tipos de corda existentes e sobre os materiais que as compõem, pode fazer a escolha certa no momento da compra!

 

cordas-3

 

Depois de compradas, lembre de ficar atento à vida útil da corda escolhida, já que, por ser utilizada com força bruta, a corda pode sofrer danos sérios e irrecuperáveis. 

Se atente nesse detalhe, pois, caso tenha um tempo de uso intensivo, a corda não costuma durar mais de um ano. Segurança nunca é demais!

 

 

Fale agora com um de nossos colaboradores!

Visite também outras de nossas categorias de Equipamentos de proteção e encontre aquele que se encaixe perfeitamente em sua campanha!

Open chat